Quais as principais aplicações do drone na construção civil

Stefano Caterina - Diretor de Operações e Comunicação, Maply
December 3, 2021

Um crescimento anual de 9,4% no mercado mundial de drones até 2026. Esta é a projeção do relatório internacional “Drone Market Report 2021-2026” em relação ao uso de drone na construção civil e nos demais setores. 

Uma projeção bastante positiva para um mercado que vale, atualmente, US$ 26,3 bilhões e continuará crescendo. Como base de comparação, o mercado de helicópteros, que existe há muitas décadas, está avaliado em US$ 48,2 bilhões. A expectativa é que os drones atinjam esse número dentro de uma década ou menos. 

Portanto, quem ainda não conhece o papel do drone está deixando de contar com muitos benefícios que essa tecnologia traz para as obras. E detalhe: não estamos falando de algo que será bom daqui a alguns anos, mas de uma tecnologia que já está ajudando muitas empresas neste exato momento.

Mas quais são as aplicações práticas do drone na construção civil? E, mais importante, como você pode aproveitar os benefícios disso nas suas obras de agora em diante? É isso o que você vai descobrir a partir de agora.

Mercado promissor e em franca expansão‍

Há algum tempo os drones eram considerados uma tecnologia militar. Mas a tecnologia já deu o salto inicial para o mercado consumidor tradicional, e os drones agora se dirigem para o mercado B2B das indústrias. Da construção ao entretenimento, existem milhares de aplicações possíveis, que irão revolucionar segmentos e atividades nos próximos anos.

Segundo Noah Poponak, analista sênior de pesquisa do Goldman Sachs, fica fácil entender o potencial dos drones ao se deparar com as soluções e possibilidades que eles oferecem.

Pensando nisso, nós separamos alguns exemplos de como os drones podem contribuir com os processos existentes do setor de construção. 

O papel do drone na construção civil

Indústrias que vão da agricultura ao entretenimento estão aproveitando ao máximo os benefícios que os drones oferecem. No entanto, por conta do seu tamanho, um dos setores que apresentam crescimento mais acelerado é o de infraestrutura, que inclui a construção civil.

O gráfico abaixo, desenvolvido pela consultoria PwC, mostra quais são as indústrias que mais usam essa tecnologia e a porcentagem do mercado que elas possuem:

Gráfico sobre o uso de drones por indústria

Assim, os drones ajudaram a revolucionar os estágios de planejamento da construção, sem contar o avanço no monitoramento de canteiro de obras e na captura de dados. Aliás, esses são apenas alguns dos usos possíveis.

Há duas razões simples pelas quais os drones são tão populares na construção: o primeiro motivo é que eles podem economizar tempo e dinheiro para as construtoras. 

Já o segundo explica por que os engenheiros adoram os drones: eles podem fornecer uma visão aérea dos projetos com enorme facilidade.

Antigamente, você tinha que pagar por um helicóptero para obter boas imagens aéreas. O custo de fazer isso era uma grande barreira para muitas empresas de construção, especialmente as menores. Além disso, mesmo aqueles que tinham condições de investir nisso não o faziam regularmente, por conta do enorme trabalho que isso dava.

Agora, com os drones, é possível obter imagens atualizadas de acordo com a necessidade do projeto sem qualquer dificuldade. Assim, você pode ter uma ideia real de como a construção está evoluindo, se é no ritmo que deseja ou não.

Conheça as 4 principais aplicações de drone na construção civil (e seus benefícios)

Agora que o valor do drone na construção civil ficou claro, é hora de conhecer alguns dos seus maiores benefícios e aplicações práticas num canteiro de obras. Ao ver cada benefício, repare em como eles fazem a diferença em diferentes etapas da obra. 

1. Mapeamento

A criação de mapas de um canteiro de obras costumava ser difícil e cara. Mas, utilizando um drone você pode acessar qualquer área do canteiro com facilidade - e ir muito além, se necessário. Por exemplo, hoje em dia já existem drones, autorizados pela ANAC, com capacidade de realizar operações acima de 400 pés (equivalente a 120 metros de altitude) e até 30 km de distância do ponto de decolagem.

Assim, o drone também torna o processo de mapeamento muito mais produtivo, o que afeta de forma positiva outras etapas e processos da obra.

Como se isso não bastasse, o nível de detalhamento dos drones também está em outro patamar quando comparamos a tecnologia com aviões tripulados. Enquanto um avião só permite chegar a 10 cm de detalhamento, o drone chega até a 1 cm.

Então, depois de capturar todas as imagens, você vai processar e analisar tudo em uma plataforma, como a da Maply. Essa última etapa é vital, pois é esse trabalho de análise e processamento que permite acessar dados relevantes e precisos acerca do projeto, propiciando uma gestão orientada a dados.

Além do drone e do software de processamento, você vai precisar apenas de um plano da operação, um aplicativo de planejamento do voo e um operador licenciado com equipamento adequado. Mas vale ressaltar que as licenças são simples e o operador não precisa, necessariamente, ser experiente.

2. Inspeção 

A maioria dos locais de construção precisa de verificações e inspeções regulares. Aliás,  dependendo das características do local, essas tarefas podem envolver riscos para a equipe.

Assim, usar drones é uma forma de realizar essas tarefas com mais segurança no projeto, que é a maior prioridade das empresas de construção. 

Outro ponto muito importante de usar drones na inspeção de segurança é que ele permite encontrar problemas antes que eles se tornem grandes e causem acidentes graves. 

Pensando do ponto de vista econômico, isso também economiza muito dinheiro e tempo. Mas o principal, nesse caso, é preservar a vida e a saúde dos colaboradores e de todos em volta da obra.

3. Monitoramento

O monitoramento de ativos é outra área em que os drones fazem toda a diferença. Verificar o estado de um telhado de um galpão, por exemplo, costumava ser complicado, caro e perigoso.

Com o drone você realiza um voo e analisa o vídeo ao vivo em tempo real, o que significa uma grande economia de tempo e dinheiro. Inclusive, isso mostra como os processos de monitoramento baseados em drones são sempre muito mais rápidos, seguros e eficientes.

Antes, a alternativa era usar um avião tripulado ou mesmo um satélite. O problema é que as duas opções captavam imagens das nuvens, o que atrapalhava o monitoramento. Já os drones podem sobrevoar áreas abaixo das nuvens, em qualquer época do ano.

4. Novas aplicações e processos

Um exemplo de aplicação dos drones foi testado pela Komatsu, fabricante japonesa de equipamentos de construção. A ideia foi possibilitar que o trabalho inicial de terraplanagem do campo fosse feito de forma praticamente autônoma e automatizada. Mas como isso funciona?

Enquanto os drones sobrevoam e monitoram o local de trabalho, eles enviam imagens para os computadores construírem modelos tridimensionais do terreno. No solo, as máquinas e escavadeiras não-tripuladas da Komatsu se baseiam nesses modelos para realizar as atividades de escavação e movimentação de terra. 

Além disso, essas máquinas também são equipadas com sensores de bordo. Assim, conforme elas avançam nos trabalhos, é possível coletar dados sobre a evolução do layout do canteiro em tempo real.

E mesmo nas atividades atuais, vale lembrar que os drones reduzem a equipe necessária em campo, o que reduz o custo da mão de obra nas tarefas que vimos até aqui.

Por tudo que falamos até agora, fica claro que o drone na construção civil já é uma tecnologia de grande valor. Além disso, podemos encarar a tecnologia como um passaporte para uma nova era, na qual a indústria da construção terá grandes avanços em eficiência e segurança a custos mais baixos que os atuais. É esperar para ver.

Quer receber mais informações sobre a utilização de drones na construção civil? Siga a gente nas nossas redes sociais ou cadastre-se em nossa newsletter.

Juntos podemos transformar a coleta de dados mais simples, acessível e eficaz.

Somos entusiastas da transformação digital e trabalhamos para re-significar processos e a coleta de dados em grandes obras, promovendo eficiência, segurança e produtividade.

Pronto para Começar?
Converse conosco e veja como podemos ajudá-lo.
Comece Agora

Navegue por nossa biblioteca de conteúdo e veja como estamos tornando a coleta de dados mais simples, acessível e eficaz.

Documentação

Nossa documentação foi elaborada para orientá-lo nas melhores práticas de operação de captura, processamento e análise dos dados.

Blog

Nossa equipe compartilha as principais novidades do setor, além de artigos, estudos de caso e novas tecnologias.